Lifesize incorpora WebRTC em seu novo app para conferências Web

Aplicação promete aumentar a produtividade sem implicar em custos de infraestrutura

Da Redação


 

A especialista em sistemas de conferências Lifesize, divisão da Logitech, apresentou a nova aplicação Web Lifesize Cloud, uma plataforma com todo tipo de funções de chamadas para o Google Chrome, com previsão para ser expandido para Internet Explorer e Firefox.

Entre suas novidades, a aplicação incorpora tecnologia WebRTC para melhorar o acesso em ambientes de colaboração do Lifesize Cloud, que inclui vídeo HD, chat e uso de tela compartilhada por todos os participantes, sem a necessidade de baixar um software.

Além disso, o Lifesize cloud oferece agora um modo de conferência web com voz e conteúdo apenas com a proposta de oferecer uma economia para a empresas. A iniciativa também contribui para simplificar a experiência do usuário, que pode compartilhar sua tela para colaborar com até quarenta participantes sem ter que abrir nenhuma nova aplicação.

“As possibilidades do WebRTC são importantes”,, aponta Craig Malloy, fundador e CEO da Lifesize. “Para o ano de 2019 teremos mais de 6.000 milhões de dispositivos compatíveis com WebRTC, segundo uma previsão da Frost & Sullivan, será uma das tendências mais inovadoras no setor das telecomunicações”, ressalta.

Para o executivo, as ferramentas de colaboração com vídeo não cumprem os requisitos do crescente número de organizações que migram para aplicações baseadas na nuvem. “Agora, os CIO (gerente de TI) podem apliar a infraestrutura de vídeo e capacitar os empregados para entrarem em contato com outros usuário a nível interno e externo sem aumentar a complexidade nem as demandas de infraestrutura e assistência técnica”, explica.

Entre as possibilidades que o Lifesize Cloud destaca-se a compatibilidade com políticas de TI a nível empresarial e funções de videoconferência para vários usuários, sem a necessidade de tecnologias exclusivas. Isso responde às iniciativas de TI de muitas empresas, que migram para a nuvem e restringem ou proíbem aplicações nos computadores dos empregados, enquanto que outros realizam a padronização em Chromebooks, o que praticamente impede a instalação de aplicações.

Para mais informações, acesse www.lifesize.com

Notícias Relacionadas